De Morangos e Borboletas
Cida Valadares
 
Gabriella  que agora já cresceu
Não vive pelos cantos a cair
Ela é muito engraçada,
não é mais estabanada.
 
Como bailarina de versos
 Vejam... o dia já anoiteceu
E ela enamora-se da borboleta
Que em seu jardim, apareceu.
 
Lembrando passos de tango
Entre mil e uma piruetas
Lá vai ela  enviando beijos
De morangos e borboletas.

 

Mai 2013
Render by Daniela Richter
 
Flower by Luna
 
Please leave my Letters intact
 My Groups
Incrediklatsch lettergruppe

VOLTAR