CRIANÇA

Ary Franco (O Poeta Descalço)

Minha amada Criança. Tu que agora nos chegas sem pedir, inocente e angelical, a este mundo insano, de joelhos imploro-te perdão por te entregarmos à mercê de uma humanidade cruel com a qual deverás interagir.

Legamos-te uma natureza aviltada pelas mãos dos que por aqui passaram antes de ti. Rios e lagos poluídos, florestas dizimadas, algumas espécies de animais extintas  e que só conhecerás em fotos, nações em guerra pela disputa de territórios ou para imposição de suas convicções religiosas,  condenações e absolvições espúrias, violência gratuita e indiscriminada.

Inda temos alguns humanos cientistas tentando conter pandemias de doenças incuráveis, mas também temos outros em laboratórios criando armas letais para dizimar milhares de seres humanos, no simples apertar de um botão.

Terás que te esquivar da tentação de drogas estupefacientes e alucinógenas que te serão oferecidas e que, uma vez aceitas, te reduzirão a um morto vivo, incapaz de lutar por uma existência digna e honrada. Trilharás a esmo por veredas obscuras que te conduzirão a inevitáveis profundezas abismais.

Disputarás um lugar ao sol, em uma sociedade ávida pelo poder, despida de ética, divorciada da razão, protecionista, sectária, corrompida e corruptora. Governantes indiferentes às necessidades do povo, visando seus pessoais interesses com olhares voltados apenas para seus próprios bolsos.

 Que Deus te proteja a cada passo e que sobrevivas incólume em meio a essa barbárie que te deixamos.

PERDÃO!!!

 

 

 

 

Jpg imagem criança

Wav: CaixinhaDeMusica-Baby_sLoveSong

 

 

 

VOLTAR