Eu também já tive uma casinha
onde moravam todos os meus brinquedos
Camas, mesas, até cozinhas
Fizerem parte da minha infância e do seu enredo..

De todos meus brinquedos, sem dúvida
Bolas, pelúcias coloridas, bambolês
Nada impera em minha saudade úmida
E nada, jamais me fará esquecer...

Minhas bonecas...
Meu Deus, como eram lindas
Choravam falavam, até dançavam
Lembranças que eu sei, em minha vida
Jamais se irão nem nunca serão findas.

Minhas bonecas ...

Trocando roupas, umas com as outras.
Tomando banho, só de paninho.
Quase todas eram bonecas de louça
Mas tinha, ainda, a boneca só de trapinho.

A todas eu guardei num lugar especial
As mais quietas e também as mais sapecas
E, quando a saudade aperta, é no coração
Que eu entro, revejo e abraço...as minhas bonecas.

 

CLIQUE IMAGEM PARA VISUALIZAR O PPS

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 VOLTAR