MAGIA DE DEZEMBRO
Maria José Zanini Tauil
 
Mês atípico, quente, diferente! As lojas recrutam mais empregados , os shoppings fervilham de gente, bolsas e sacolas cheias... incontáveis! Dezembro, mês de natal, mês de décimo terceiro, mês - despedida... mais um ano chega ao fim...planos para o futuro, listas de presentes, hora de agradar a quem se ama, mas...o grande aniversariante fica esquecido. Noite de natal, roupas novas, noite de abraços, votos de felicidade e lá, no presépio, o menino não é lembrado.
 
Que bom seria se, na hora da ceia, todos unissem as mãos em ação de graças e cada um oferecesse um presente ao Deus-menino: "eu te ofereço mais tolerância"- "eu te ofereço mais fé" - "por ti, sempre semearei a paz, na família ou em qualquer lugar" - e assim por diante. E por que não, entre tantos gastos com presente para quem se gosta, comprarmos algo para alguém que não tem presente, não tem ceia, não tem família, não tem natal?
 
Ah! lá no presépio, o menino-Deus sorriria e te abençoaria, por dividir teu conforto com um teu semelhante! Só aí, ELE se sentiria homenageado, percebendo que realmente comemoraste com amor e alegria o seu aniversário!
 

COMECEMOS ENDIREITANDO OS CAMINHOS!
 
Advento é o tempo que antecede o natal. Nós seguimos a Cristo, mas não somos perfeitos. Por que não?
Porque Deus nos criou, mas nos deu o livre arbítrio. Advento é tempo de espera, de conversão, de preparar os caminhos, assim como dizia João Batista. Caminhemos de mãos dadas rumo a Belém. Testemunhemos o nascimento do Cristo, deixemos que ELE renasça em nosso coração, em nossa vida.
 
Endireitemos nossas trilhas, nossos relacionamentos, perdoemos quem nos ofendeu...Agradeçamos!
Aproveitemos essa época para fazer uma faxina no nosso íntimo. Coloquemos também lá, guirlandas, bolas coloridas, enfeites natalinos, laços de fita. Reergamos pontes que caíram na nossa estrada, retiremos barrancos desabados...
 
Sigamos o conselho de João Batista. Mãos à obra! Limpemos os caminhos para receber o grande aniversariante do natal: JESUS!
 
FESTAS E MAIS FESTAS!
 
A cortina de 2012 está prestes a se fechar. Novo ano surgirá, novas esperanças... É preciso acreditar que será melhor.
O Pai nos dá um novo tempo, nova oportunidade para repararmos erros, para lutarmos por nossos objetivos.
Mas é chegada a hora de pararmos de tanta correria, fazer um balanço do ano que em breve se despedirá.
Quantos nós desatamos? Quantas vezes perdoamos ou precisamos de perdão? Quantas vezes fomos ingratos ou sofremos por ingratidão?
 
 
Um ano vai ficando para trás... Quantos amigos foram chamados? Quantos se foram fora do tempo, pelo cenário violento em que vivemos? Quantos prosperaram? Quantos se desesperaram?
Nesse balanço final, constataremos que tivemos mais créditos do que débitos. Muitas e muitas vezes, nossos joelhos se dobraram para pedir... mas... quantas para agradecer? Não esqueçamos de ser gratos a Deus. Se tivemos saúde e também se tivemos doença, pois o sofrimento nos faz crescer, é aprendizado, é aquisição de uma nova e melhor forma de ver as coisas e aceitá-las como desígnios do Pai.
Renovemos as esperanças de que viveremos um tempo melhor. Se alcançarmos a compreensão, ainda que do tamanho de um grão de mostarda, perdoarmos a quem nos fizer mal e sentirmos amor pelo semelhante, conseguiremos tocar o coração do próximo e juntos, certamente, teremos um ano novo diferente e mais fraterno.
Peçamos a Deus que o sol continue aquecendo nossos dias, que as estrelas nos deslumbrem sempre com o maravilhoso espetáculo cintilante das noites, que a chuva surja nos momentos certos, para molhar o solo e fazer as sementes germinarem.
Que esqueçamos o significado da palavra guerra... desde aquela que começa no lar, até aquela que faz com que povos se destruam. Que haja paz no Brasil e no mundo. E que nunca nos falte a mais importante das luzes:
A presença de Cristo Jesus em nossas vidas!
 
 

MULTIPLICAÇÃO NO NATAL
Maria José Zanini Tauil

Menino do presépio
Que o nosso natal
Seja todo dia
Que seja sinônimo
De paz e de alegria

Que não retenhamos
No coração teu amor
Mas que façamos distribuição
Através da evangelização
Pois essa é a melhor forma
De multiplicação

Que os anjos toquem sininhos
Pelas vielas solitárias
E acordem os pequeninos
Sedentos do teu carinho

Que na manjedoura
Nossa alma se abra
Para ser adubada
Com sementes de esperança
Que se inflame de júbilo
E que nosso coração
Seja o permanente altar
Para te cultuar!

Jesus, perdoe
Chegou a noite de natal
Mas tua data
Está cada vez menos humana
Já estamos cansados
Começamos desde outubro
Com consumismo desenfreado

Jesus, perdoe
Gastos desnecessários
O corre-corre, busca do presente
E um trono preparado
Para o velho senhor
De roupa vermelha e quente

Jesus, perdoe
E abençoe essa noite
Aqueles que mais precisam:
Pelos que zelam
Pela nossa segurança
Pelos presos... hospitalizados,
Pelos moradores dos asilos
Dos orfanatos...dos abrigos
Pelos marginalizados

Que o Espírito natalino
Jamais se perca
Que levemos a Palavra
O incentivo e carinho
A quem se desviou do caminho
Que coloquemos alegria
Nos olhos dos tristes
Que o capitalismo
Jamais ofusque
Dessa noite a magia

Dá-nos a bênção da bondade
Da tolerância...
Da fé que se move
Para ajudar o irmão
E abraçar com sinceridade
Nessa noite de perdão
 


FELIZ NATAL!
FELIZ 2013!

Maria José Zanini Tauil
 
 
 
 
 
Imagem jpg
Wav: Ashanti's Christmas - Winter Wonderland
Arte e Formatação: JoiceGuimarães