Charles Spencer Chaplin nasceu no dia 16 de abril de 1889 às 20 horas, em um subúrbio de Londres. Sua mãe, Lili Harley, era atriz de comédia. Seu pai, também artista do music-hall, abandonou a família quando Charles ainda era pequeno. Um grave problema de laringite acabou com a carreira da jovem Lili Harley, obrigando Charles Chaplin a debutar artisticamente com apenas cinco anos de idade.

O teatro, muito freqüentado por soldados, não era propriamente um local "seletivo", mas foi onde o pequeno Chaplin pôde demonstrar pela primeira vez o seu grande talento para a interpretação. (...).

Em 1913, durante uma de suas viagens pelo mundo, este grande ator conheceu o cineasta Mack Sennett, em Nova York (Estados Unidos), que o contratou para estrelar seus filmes. (...).

Em 1977, na fria madrugada de 25 de dezembro, o cineasta deu seu último suspiro, aos oitenta e oito anos de idade. Morria o gênio de infância triste que, com os seus filmes, fez com que milhares de espectadores do mundo inteiro rissem e chorassem...

 

 

Falando por Chaplin
rivkahcohen

Eu só queria um mundo mais bonito...
Um mundo com entendimento,
onde todos tivessem um lar.
Em cada lar houvesse alegria
e nunca houvesse afastamento!
Eu queria que não houvesse doença,
muito menos mental...
Queria ser feliz com minha família
para viver com a lembrança
de uma felicidade sem igual.
Queria que meu meio-irmão fosse irmão por inteiro,
que não só me ajudasse no trabalho,
mas que fosse meu companheiro
no meu momento crucial.
Queria que a morte não levasse
a pessoa que primeiro amei
para que não a buscasse
no rosto das mulheres que encontrei...
Queria que o país onde resolvi viver, ficar
não tivesse me dado as costas
por não saber me interpretar...
Enfim...
Eu não queria sofrer como sofri
Queria ter tido uma vida mais feliz
e sorrido
tanto quanto fiz sorrir.

 


 

 

"O homem não morre quando deixa de viver,
mas sim quando deixa de amar."
Charles Chaplin