EXPLICANDO: “OS DOIS MATO GROSSO”
Edson C Contar

De acordo com o tratado de Tordesilhas, toda esta região seria posse de Espanha e seríamos mais um País de língua espanhola ou parte do Paraguai.
Em 1822 foi criada a Província de Mato Grosso. Já naquela época as primeiras tentativas de dividir o extenso território que ocupava a província foram sufocadas.
Daí por diante, inúmeros projetos e estudos foram feitos. Em 1849, o memorial orgânico do Barão de Varnhagem, criava no sul da Província de Mato Grosso, uma divisão autônoma denominada “Departamento de Camapuã”...
Outras tentativas ocorreram em 1870 (Tavares Bastos), cujo projeto dividia o Mato Grosso em cinco unidades, ficando a região do, hoje, Mato Grosso do Sul ,com a denominação Alto Paraná.
Em 1880, Fausto de Souza apresenta a tese sobre divisão territorial do Brasil na qual seriam criadas sete unidades e, a nossa denominação seria “Província de Amambáy” com Capital na Vila de Miranda..
Na primeira década do século XX, recomeçam os movimentos (agora, políticos), cujo auge acontece durante a “revolução constitucionalista” em 1932, quando o sul do Estado de Mato Grosso aderiu ao movimento paulista, contrariando a região norte que abraçou a causa federalista.
Desse rompimento, criou-se aqui no sul um Estado independente que foi denominado “Maracajú”, tendo como capital Campo Grande... Com a derrota dos paulistas, desfez-se o sonho sulista e voltou tudo ao que era antes, no quartel de Abrantes...

Somente em 1977, O Presidente Geisel, assinou a lei que criava oficialmente o Mato Grosso do Sul, com base em estudos encomendados a diversos órgãos do governo que reconheciam a dificuldade de se governar o extenso território de Mato Grosso, observando-se a total disparidade cultural e econômica das duas regiões.
Para se ter uma idéia, o sul que hoje forma o Mato Grosso do Sul, tem seus costumes e sua cultura influenciada nos modelos paulista, paranaense, mineiro e com traços muito fortes do Paraguai.
Já o Mato Grosso remanescente é voltado a Amazônia, dono de uma secular e rica cultura que o diferencia e identifica.
Há que se registrar que, os nascidos antes da instalação do novo Estado (1979), são mato-grossenses- como é o caso deste locutor que vos fala- e os posteriores sim, sul-mato-grossenses.
Apegados a velha rixa dos tempos do divisionismo, os mais antigos e reticentes se auto denominam “mato-grossenses do sul”.
Hoje, os dois Estados, tornaram-se mais fortes e desenvolvidos provando que a divisão era um imperativo para a ocupação e desenvolvimento do todo.
Nasci mato-grossense..."Estou" sul-mato-grossense! Coisas da geografia...
O importante é que a mídia entenda de uma vez por todas que somos dois Estados: Mato Grosso (com capital em Cuiabá) e o nosso Mato Grosso do Sul (capital, Campo Grande), evitando assim a confusão que ainda existe na identificação dos dois Estados.

 

 

Mato Grosso do Sul... Onde a natureza canta!

Edson Carlos Contar

Vejam... Que beleza a natureza!
Temos rios, temos grutas,
Temos aves e animais...
Vejam o arrebol mais lindo,
Gente sorrindo,
Tristeza, jamais!...

Quando chega a piracema,
Vê-se o milagre
Da multiplicação...
E nos campos da fartura,
Nova aventura,
Nova emoção...

Canta o pássaro mais lindo,
Uma flor desabrochou,
Tuiuiu se exibindo,
Pantanal se enfeitou!...
Grutas, rios, cachoeiras,
Água limpa pra beber,
Pedaço do paraiso,
Para todo o mundo ver...

Vem cá, vem ver!
Vem ver, vem ver...
Este céu de puro azul - lindo azul,
Onde a natureza canta,
E o turista se encanta...
É Mato Grosso do Sul...

Vem cá, vem ver!...

 

 

 

VOLTAR