PASSAR PELA VIDA SEM AMAR !

Adriano Augusto da Costa Filho

 

  

Quando chegarmos da vida no fim,

Como o acabar de uma flor de jasmim,

Imensas ondas de sofrimento,

Nos trarão imenso sofrimento !

 

Amamos um ser  imensamente,

Onde  nunca houve algo que se lamente.

Após sonhos imortais de juramentos,

Esse amor  vai embora sem tenazes  lamentos !

 

Passar pela vida sem amar,

Só viver e nunca sonhar.

Recordará sempre essa ilusão,

Estará maltratando seu pobre coração !

 

Viver eternamente em relacionamentos,

Sem existir amor para seus ensinamentos

E partir da vida sem passar  pelo amor,

Nem no jazigo mortal sentirá qualquer olor !

  

Sonhei eternamente em ter um amor,

Amei alguém com destemido ardor.

Foi-se embora essa linda criatura,

Uma paixão eterna de real ternura !

 

Viverei 100 anos sempre sonhando,

Um amor eterno, pouco ele durando.

Esse  amor eterno não se joga fora,

Nunca aparecerá em qualquer hora!

 

ADRIANO AUGUSTO DA COSTA FILHO

Casa do Poeta de São Paulo

Movimento Poético Nacional

Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores.

Academia Virtual Poética do Brasil

Academia Poços-Caldense de Letras-MG

Ordem Nacional dos Escritores do Brasil

Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa/Portugal

 

 

 

 

VOLTAR