.


 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

100 ANOS DE PORTUGAL/BRASIL !

1911/1912- 2011/2012 !

Adriano Augusto da Costa Filho

 

 

Cem anos muito sagrados,

E também muito adorados..

Vieram do lindo Portugal

De uma forma sensacional !

 

 

Adriano pai e a mãe Maria,

Namorados aqui os tornaria.

Nasceram o pai em Carção,

Maria em rio frio do coração !

 

 

Atravessaram os ventos dos mares,

Aqui surfaram por todos os ares.

Numa tarde fagueira casaram

E por toda vida eles se amaram !

 

 

Adrianinho filho, o primeiro rebento,

As lindas irmãs em seguida um alento.

Dos Costa e Anes formou-se a família,

Vieram os filhos com toda galhardia !

 

 

Do Adrianinho, a Dora e a vera,

Que deram o André, Karina e Rodrigo.

Da Cleide, o Daniel e o Fernando

São todos irmãos sempre se amando !

 

A Ercilia, pianista e também doutora,

Sempre no carinho é uma autora.

Os gêneros, gentil Edgard e o alegre Junior

São exemplos de cavalheiros com todo olor !

 

 

Cem anos aqui se passaram,

Que de tão longe eles vieram.

De saudades sempre viveram

Mas, com amor eles morreram !

 

 

De Carção e rio frio, eles nos trouxeram,

Um coração lusitano eles nos deram.

Somos todos brasileiros pelo sol,

E de Portugal pertencemos ao seu rol !

 

 

 

ADRIANO AUGUSTO DA COSTA FILHO

Casa do Poeta de São Paulo

Movimento Poético Nacional

Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores.

Academia Virtual Poética do Brasil

Academia Poços-Caldense de Letras-MG

Ordem Nacional dos Escritores do Brasil

Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa/Portugal

 

 

 

VOLTAR